Funcionamento : Segunda a Sexta, das 8h às 19h
aos Sábados das 8h às 12h

  
Telefones de Contato: : (71) 3016-3030

Síndrome do Respirador Bucal

Síndrome do Respirador Bucal

Se você respira pela boca deve ser avaliado por um otorrinolaringologista. Os seres humanos nasceram para respirar pelo nariz. O Nariz tem a função de aquecer, umidificar e filtrar o ar inspirado. Alem de participar da olfação. Quando respiramos pela boca de modo crônico, passamos a adotar posicionamentos adaptativos para a respiração bucal. Posicionamento de língua, lábio inferior frouxo, cabeça projetada para frente. Tais adaptações, com o tempo, acabam levando a alterações da face, que fica mais alongada e estreita, e da oclusão dos dentes de cima com os de baixo, além de modificar as funções das quais a boca participa, como a mastigação e fala. Além disso, se não usa o nariz, não se filtra o ar ambiente, o que propicia condições para um maior número de gripes, sinusites, faringites, rinites e crises de asma. Como estas alterações são de instalação progressiva, elas nem sempre são percebidas pelo paciente ou familiares. O ideal é diagnosticar o respirador bucal o mais precocemente possível, tarefa que cabe ao pediatra e ao odontopediatra suspeitarem que o quadro está se instalando.

Faces típicas do respirador oral

Faces típicas do respirador oral

Dentre as referências para perceber um respirador bucal, destacam-se: lábios afastados (quando sorri expõe a gengiva/sorriso gengival );  come com pausas para respirar pela boca, mastiga pouco (se alimenta mal) e não gosta de sólidos; face mais estreita (dolicocefálico), alongada, céu da boca fica alto (palato ogival) e pode haver vários tipos de má oclusão dos dentes como mordida entreaberta anterior , mordida cruzada posterior; acumula saliva, cuspindo ao falar ou babando à noite; Ronca e pode , até mesmo ter apneia do sono (pausa respiratória dormindo , por mais de 10 segundos) pode trocar alguns fonemas como “te”, “de” e outros.

Dolicocefálicos e Braquicefálicos

Tipos superiores: Dolicocefálicos
Tipos inferiores: Braquicefálicos

Os principais sinais e sintomas de respiração bucal são:

  • Respiração bucal;
  • Obstrução nasal;
  • Dor de garganta;
  • Ardência ou prurido na faringe;
  • Muco espesso aderido à garganta;
  • Tosse seca persistente;
  • Cefaleia matinal;
  • IVAS recorrentes;
  • Halitose;
  • Enurese noturna;
  • Sonolência / irritabilidade;
  • Dificuldade alimentar / aerofagia;
  • Mau aproveitamento escolar;
  • Fáceis de respirador bucal crônico;
  • Aumento de cáries dentárias;
  • Deformidades dento-faciais;
  • Faringe opaca com metaplasia granulosa e mais vascularizada;
  • Pectus scavatum.
Mordida aberta

Mordida aberta

As principais enfermidades que podem levar à respiração bucal são:

  • Hipertofria adeno-amigdaliana;
  • Rinites;
  • Rinossinusites;
  • Tumores nasais benignos e malignos;
  • Polipose nasal;
  • Papilomatose nosossinusal;
  • Mucoceles;
  • Desvios septais;
  • Atresia coanal;
  • Corpos estranhos;
  • Estenose da cavidade nasal;
  • Alteração cartilaginosa da pirâmide nasal.

Na criança, uma das principais causas é a hipertrofia de adenóides e amígdalas palatinas e o tratamento cirúrgico é recomendado em alguns casos.

Classificação do tamanho das tonsilas palatinas.

 

Tonsilas palatinas - Grau I

Tonsilas palatinas – Grau I

 

Tonsilas palatinas - Grau II

Tonsilas palatinas – Grau II

 

Tonsilas palatinas - Grau III

Tonsilas palatinas – Grau III

 

Tonsilas palatinas - Grau IV

Tonsilas palatinas – Grau IV

O respirador Bucal deve ser acompanhado e tratado por equipe multidisciplinar que inclui o otorrinolaringologista. A família deve ficar atenta, juntamente com pediatras e odontopediatras nos sinais e sintomas do Respirador Bucal.  O tratamento baseia-se na identificação da etiologia para terapêutica individualizada caso a caso.  O diagnóstico precoce deve ser almejado, pois propicia o tratamento adequado, no tempo adequado,  evitando o desenvolvimento deformidades orofaciais e torácicas.

Dr. André Henrique Bastos
Médico Otorrinolaringologista pela ABORL-CCF

 

Referências Bibliográficas:

  1. Site aborlccf.org.br
  2. Complexo 10 UNIFESP Natasha , síndrome do respirador bucal.
  3. Seminário 72 ,USP.
Resumo
Síndrome do Respirador Bucal
Título
Síndrome do Respirador Bucal
Descrição
Os seres humanos nasceram para respirar pelo nariz.Se você respira pela boca deve ser avaliado por um otorrinolaringologista.
Autor
Empresa
Cliface Otorrinolaringologia
Logomarca
4 Comments
  1. Responder
    genilda

    O que é ATM

    • Responder
      André

      Atm é articulação temporo-mandibular .

  2. Responder
    genilda

    Acho que tenho atm e gistaria de saber o q é

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *